WOD 1395

OPEN 15.1A
Cap Time 6′
Max Load
Clean E Jerk

_MG_9435

Anúncios
| Deixe um comentário

WOD 1394

For Time
20 Wall Ball
20m run
18 Wall ball
20m run
16 Wall ball
20m run
14 Wall ball
20m run
12 Wall ball
20m run
10 Wall ball
20m run

_MG_9428

| Deixe um comentário

WOD 1393

9′ AMRAP
15 Bench Press (34/21)
1 TGU R/ *5 KB Push Jerk R (24/16)
1 TGU L/ *5 KB Push Jerk L

*Para fazer KB Push Jerk, precisa ficar em pé utilizando TGU e finalizando a 5° repetição deve deitar utilizando TGU.

_MG_9415

| Deixe um comentário

WOD 1392

For Time
60 Sit Up
50 Walking Lunge
40 KB swing
30 Burpees

_MG_9406

| Deixe um comentário

WOD 1391

4 RFT
10 Strict HSPU
5 Strict Muscle Up

_MG_9400

| Deixe um comentário

Rinite, Resfriado ou Gripe?

Com a chegada do frio, os problemas respiratórios começaram a ser mais frequentes. Para o treinamento físico, sintomas que influenciam a respiração podem ser um motivo para perder o objetivo do treino ou ainda não poder treinar.
O planejamento vai por água abaixo. Para evitarmos estes problemas respiratórios devemos ter alguns cuidados, mas antes devemos saber a diferença entre Rinite, Resfriado e Gripe.

A rinite alérgica é a inflamação da mucosa de revestimento nasal, mediada por IgE, após exposição a alérgenos (ácaros, polens, fungos, epitélio de animais, poeiras) onde os sintomas podem ser: uma obstrução nasal, coriza, espirros e prurido nasal. O número de sintomas, a intensidade e a freqüência é variável para cada pessoa. Não é uma patologia contagiosa, e não causa febre.

A gripe é uma infecção viral causada pelo vírus, da Influenza. Os sintomas são: febre alta, dores musculares, indisposição física, tosse, congestão nasal, secreção nasal espessa e podendo ficar amarelada com a evolução do processo. O tempo de recuperação é em torno de dez dias.

Já o resfriado é uma infecção viral causada normalmente pelo rinovírus, que tem como sintomas: secreção nasal, congestão nasal, espirros, dor de garganta, febre baixa. Os sintomas podem durar de dois dias a uma semana.

Como já citei em outro post neste blog, podemos treinar quando estamos no início ou fim da gripe, com resfriado ou Rinite, mas nunca devemos quando estamos no pico do sintomas de gripe, pois poderá dificultar o processo de recuperação, pois a energia que precisa para recuperar está sendo usada para o esforço físico. Nos outros casos, podemos treinar de leve a moderado para manter o corpo ativo e para que a recuperação ocorra com maior facilidade.

O sistema imunológico do corpo humano é a defesa contra organismos infecciosos e demais invasores, como germes, bactérias, vírus e outros micróbios.

Algumas doenças, por exemplo, diminuem naturalmente a imunidade do organismo humano, como desnutrição, AIDS, câncer, anemia, lúpus, obesidade e alcoolismo. Além disso, o sistema imunológico também pode ficar comprometido com o uso de tabacos.

O uso de corticoides, medicamentos que são utilizados em transplantes de órgãos, outros durante o tratamento para câncer e até mesmo o uso prolongado de alguns remédios, como a Dipirona, também causam a baixa imunidade.

Desequilíbrios hormonais também podem afetar a imunidade.

Se alguns destes fatores estiver relacionado, basta você fazer um esforço demasiado ou ter uma péssima noite de sono que aparecerão sintomas como os citados abaixo.

– Herpes, estomatite e amigdalite na boca;

– Doenças gerais causadas por fungos, vírus e bactérias, infecções recorrentes e abscessos na pele;

– Otites no ouvido;

– Herpes na região genital;

– Gripes e resfriados.

É importante então fazer o uso de alimentos que aumentam a imunidade do organismo. É necessário ter diariamente uma alimentação de verdade, que incluem proteínas, gorduras saudáveis, legumes e frutas.

Pessoas com hábitos alimentares saudáveis têm mais resistência contra doenças infecciosas. Portanto, uma má alimentação também provoca a baixa imunidade do organismo, pois a falta de nutrientes afeta o funcionamento das células. Alguns nutrientes são de extrema importância para o sistema imunológico, como ferro, cálcio, zinco, selênio, as vitaminas A, E, C, D, complexo B, ácido fólico e antioxidantes como flavonoides, quercetina e glutationa.

Coma, pelo menos, três frutas por dia, legumes nas refeições principais, como almoço e jantar, use sementes de girassol nas saladas, sucos ou vitaminas e faça pelo menos uma das refeições principais com peixe e beba muito líquido.

É importante evitar alimentos como amendoim, milho, aveia e trigo porque são ricos no aminoácido arginina, que aumenta a replicação do vírus e aumenta a chances de desenvolvimento de herpes. Além de alguns desses alimentos conterem glúten, que é responsável por inflamações e outros problemas que afetam a imunidade.

O açúcar também deve ser evitado, pois pode causar inflamação e diminuir a sua imunidade.

Cuide de seu corpo, tudo deve estar em equilíbrio.
Alimentação, hidratação, descanso e exercício físico sempre na medida correta e sempre esteja saudável.

Prof. Rafael Bello Pereira
CREF 007448 G/SC

 

WOD 1390

5 Rounds AMReps
1′ Air Squat
Rest 20″
1′ cal row
Rest 20″
1′ Cluster (80/56)
Rest 20″

_MG_9376

| Deixe um comentário

WOD 1389

12′ EMOM – Round
1′ 13 Bench Press (50/25)
1′ 20m Push Sled (100/70)
1′ 100m Run

_MG_9572

| Deixe um comentário